Textos

A estranha criatura. II capítulo
  Ele segurou a moça pelo braço e segurou a moça forte,ela gritou então
foi ai que ele Percebeu que não era ela.ele ficou uma ferra. imediatamente
Soltou  a moça e pediu desculpas,saiu
Apressado.

  Passaram-se alguns dias e foi em uma tarde insolarada que ele resolveu caminhar .saiu a pé olhando tudo a seu redor,viu árvores floridas gramados verdes muitas relvas pelo
Chão.mas ao caminhar um pouco mais viu um mato fechado e se embrenhou ali mesmo.

Sabe algo que te chama atenção? e lá se foi ,de longe ele percebeu que tinha
que descubrir aquele mistério foi se aproximando devagar.ficou por trás das árvores e viu uma casa.observou e viu um vulto feminino .pensou um pouco então resolveu descubrir tudo.

  Caminhou decidido bateu palmas ai
  houve um silêncio enorme,mas ele escutou um barulho.
E mais alguns segundos a porta se abriu ele quase desmaiou.
Ficou pálido e sem palavras e congelou por alguns anos pra trás.

Veio tudo em sua mente a jovem linda
de pele rosada da qual ele se apaixonou alguns anos.doce menina,
Lembranças vieram nitidamente em
sua cabeça, seu toque feminino mãos
Ágeis , tinha tocado no seu corpo há muito tempo.eles se olharam -se por
Muito tempo.

    Agora era como se o mundo tivesse parado ali mesmo, Alfreed ficou tão,
Perturbado, que não escutou a voz
feminina dizer oi o senhor está bem?
Aos poucos,sua cabeça vai retomando
as coisas.pra sua surpresa ela estava
totalmente alheia a ele.era como se o
Visse pela primeira vez..


F Bernardo
Enviado por F Bernardo em 13/11/2018
Alterado em 08/12/2018


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr