Textos


Vindo da zona praiana a menina era
 Magrela, magrela, só tinha canela,
  Mas esperta que só ela, tudo que
   Queria era escrever a vida dela.
     
    Magrela coitada da vida não sabia,
     Nada mesmo porque chegará a
       madrugada .na cidade
       Movimentada e ela sem conhecer 
       O homem .Olhou perguntou  onde
          estou.? O homem pergunta vem 
         de onde?
  
A magrela pensou um pouco e
Vim da região praiana pra ser sincera
Zona Jaguaribana da cidade de um poeta chamado Zé melancia.

O zangado ah ah ah tu estais bem?
Magrela desconfiada disse
Pode ri mas não tou nem aí,
E a Cidade de onde eu vim   e Aracati.

Magrela estava na Capital do Ceará ao
mesmo tempo passou a estudar e trabalhar coitada tão pequena mas mesmo assim era feliz.com 12 anos
ela passou a cuidar de crianças.um
bebê lindo de olhos azuis. 

A menina estava feliz passou a estudar em escola do município e no
5-° passou.e lá foi magrela pra um
Colégio Particular no qual era bolsista.
Mas ela percebeu que lá às meninas
tinham outro nível de social.mas ela
era esperta observava e aos poucos
Foi adaptando-se as demais garotas.
Até porque a diretora Irmã Maria Cordélia Marcelo orientava as garotas.
A aprender a conviver com as outras.

Com o passar do tempo a menina estava bem adaptada a sua nova
vida .fazia todas as tarefas e via TV
Gostava de novela.
Ela já tinha um aspecto bem melhor
Corpo bem feito acenturada chamado
Atenção onde passava.com
seus 15 anos muito satisfeita saía pela calçada  a passear.
Ela estava radiante a cada dia descobria novas coisas e magrela ficava muito feliz.

Aos 17 anos conheceu um rapaz do qual se mostrava a gostar dela.
A jovem sem experiência alguma começou a namorar aquele rapaz.
E tudo foi acontecendo e ela muito
Feliz 😁..
Namorou pouco tempo logo a sua mãe fez seu casamento e la se foi a menina . tomar conta da sua vida.

Magrela ficou grávida mas seu marido
Já se mostrava indiferente a amor a pobre menina . meses depois Magrela estando com a barriga grande mas o marido não se importava muito com ela.
Nove meses lá estava ela feliz da vida com seu filho nos braços toda sorridente.

         
     
   
  
 
         
        Escrito por :  FBERNARDO.
          





 
F Bernardo
Enviado por F Bernardo em 04/12/2017
Alterado em 26/02/2019


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr